terça-feira, 28 de setembro de 2010

Rock Psicodélico no Brasil = Os Mutantes parte 2

Em 1968 a distribuidora de combustíveis Shell confia uma campanha publicitária a banda.Em 1969 juntaram-se ao trio na bateria Dinho (Ronaldo Leme) e no violão de 12 cordas Liminha (Arnolpho Lima Filho). Lançaram o segundo disco com o título Mutantes. Na faixa Caminhante Noturno, destaque do LP, um erro de impressão omitiu o nome de Sérgio Dias como co-autor. O maestro Rogério Duprat teve grande influência no trabalho. O grupo foi então para a França, onde se apresentou no famoso Olympia de Paris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...